Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘mudar’

Pequenas Extravagâncias

Image

Então fez muito tempo que passou aquele dia que decidimos criar um blog pra falar de assuntos diversos e que fosse super interessante pra gente da nossa idade e ao mesmo tempo tudo fosse criado por nós, todo o conteúdo. Ter um blog é uma coisa bem bacana, escrever pra pessoas que te entendem, que sabem do que você está falando. É legal sim! O retorno então, nem se fala…

Mas nós meio que crescemos, arranjamos outras coisas pra ocupar o tempo, outros interesses, outras metas. Não que eu esteja desfazendo da importância dos blogs e principalmente quando isso é uma profissão, mas o ponto, aqui, é que para nós a coisa toda da vida foi mudando. Lá pelo 3º semestre do 3º ano, maquiagem era coisa completamente superficial e desnecessária; tirar fotos com produção e tudo, só para o catálogo do TCC; pensar na roupa que vai sair – se isso acontecia algum dia – tomava um tempo por demais precioso; a leitura tomou um espaço ainda maior e teve que ser encaixada nos intervalos de tempo livre; os testes culinários de cupcakes e sobremesas diversas tiveram que ser deixados de lado; fazer programinhas de amigas se tornou um tanto raro, até porque a maioria estava no colégio; pensar no vestibular e na apresentação do TCC era bem mais importante do que passar horas lendo sites de moda pra saber o que seria a próxima tendência ou roubar um pouquinho do estilo pessoal de cada garota…

Eu, sinceramente, nunca pensei que ler sobre novos projetos de lei aprovados pelo Congresso seria algo espontâneo, ou que minha página inicial seria o Carta Capital. Eduarda, garanto-lhes, até o segundo ano não sabia que ia estudar Engenharia da Mobilidade.

As pequenas extravagâncias mudaram o sentido, perderam o sentido, porque para nós já não eram as mesmas de dois anos atrás. Mas elas ainda existem. Hoje, olhar para um céu magnífico e cheio de estrelas em uma campo as 2 horas da madrugada é que é uma pequena extravagância que todos deveriam se dar de presente um dia!

Nós andamos ficando mais velhas, mudando de pensamento, de rotina, de sonhos.

Read Full Post »